Tag Archives: consumismo

Por trás do armário: Dia 31 e 32

4 maio

Ops… Atrasei tudo por aqui né? Mas vamos lá… Dia 31 fomos jogar boliche e confesso que é super difícil arrumar alguma roupa bacana que combine com aqueles sapatos bizarros né? Então optei pelo mais básico possível, shortinho para fugir do normal que é a calça jeans, e uma blusinha listrada, e para brincar a sapatilha de poá. O cinto vinho tem uma fivela linda, mas a foto não ajudou muito…

Dia 32Blusa: Animale Short: Forever 21 Cinto: Mob para Cea Sapatilha: Luiza Barcellos

Já ontem foi um dia especial, fomos almoçar com um casal de amigo super querido do ES que estavam aqui pelo Rio e vieram nos fazer um convite super especial, ser padrinhos do casamento deles. Escolhi um lugar lindo para almoçar, bem perto da natureza, que já já conto para vocês. E a roupa bem fresca e alegre.

Desafio dia 33Vestido: Hering Sandália: Andarella Bolsa: Zara

O vestido ganhei de natal da dinda e amooooo, ele é bem larguinho e acabo usando com um cinto para dar uma marcada na cintura e uma valorizada! Confortável e alegre como foi o dia.

Prometo que ainda hoje posto o dia de hoje, para tudo entrar nos trilhos novamente. =)

Beijo!

Anúncios

Por Trás do Armário: Dia 22 e 23

23 abr

Feriado, calarão, despedida da mamãe, probabilidade de trânsito caótico e uma preguiiiiiiiiça de me arrumar, mas lá fomos nós ontem levar o povo para a rodoviária, sem um pingo de vontade, já que o que eu queria era que a mamãe ficasse mais.

Dia de folga das lentes de contato por isso os óculos, e também porque rolou um relax das makes. Além disso mais uma vez apostei na mistura de estampas bem de leve, listras, onças e xadrez, tudo em tons conversando e bem harmonioso. O cabelo? Coquinho pós piscina que foi a deliciosa despedida da mamãe.

Para completar a minha terceira e última compra do mês uma bolsa média, preta, estruturada, espaçosa e bem basicona. Vem ver…

DESAFIO-POR-TRÁS-DO-ARMÁRIO-DIA-22Blusa: Zara (foi minha primeira compra da vida na loja) Short: Forever 21 Tênis: Dani Villanova Bolsa: Zara Óculos: Lema 21

Dito e feito, na volta ficamos 2h no trânsito, quando já tínhamos perdido as aulas de inglês paramos no Shopping e ficamos por lá esperando até as 22:30h para o trânsito acalmar e ir para casa.

E aí você dorme e acorda com um dia completamente diferente do anterior, hoje amanheceu tudo completamente nublado e agora até está caindo uma garoinha, obaaaaa, dia perfeito para estrear duas peças novas: meu presente de aniversário que a mamãe me deu em Janeiro, e também o presente que ela me deu agora, assim fico com ela mais um pouquinho perto de mim. Com vocês as peças que tem a tendência de colar em mim e nunca mais sair o colete de “couro” e o colar de pedras. 

DESAFIO-DIA-23

Blusa: Animale Calça: Forever 21 Colete: Aquamar Colar: Aquamar Bolsa: Zara Sapatilha: Zara

A calça de onça foi só para não perder o hábito das estampas que não sai de mim, e porque quase nunca a uso, então bora desencalhar as peças que ficam paradas no armário e ter sempre novas opções.
foto 2-14

Então, básico sem ficar sem graça, e a terceira peça sempre ajuda a dar uma levantada e renovada, o que acham?

Meninas o desafio está uma delícia e está sendo ótimo ver a participação de vocês nos comentários e nas curtidas. Não esqueçam de se inscrever aqui no Blog para receber as novidades primeiro, e claro de contar para as amigas do nosso desafio. Também quero saber como anda o desafio da parte de vocês, alguém aí aderiu, já conseguiram diminuir o consumo?

Beijos.

Desafio: Por trás do armário

4 abr

20391473

Passei muito tempo refletindo sobre o que era realmente necessário e o que era extremamente supérfluo na vida, e acabei entendendo que muitas vezes compro algo porque sequer consigo me lembrar que já tenho aquilo (foi assim com o tricô brilhoso da MOB, na conseguia lembrar de jeito nenhum, mas tinha a impressão ter aquilo sabe), quando percebi isso me assustei.

Realmente precisamos de 15 tricôs aqui no Rio de Janeiro? Ou daquelas 5 jaquetas de couro maravilhosas? Para você que nunca vai à praia biquini é realmente peça que tem que ter mais de 3? E os sapatos… Além dos essenciais você realmente precisa ter 20 sapatilhas? Você é uma centopéia?

Já percebeu que se você analisar bem talvez ainda não tenha um estilo definido, você compra um pouco de tudo e acaba não tendo nada. Ou compra muito de tudo e acaba realmente tendo tudo, e muito mais do que precisa bem aí escondido no armário.

Vivemos em uma época que a informação chega muito mais rápida aos nossos olhos, e quase tudo o que vemos queremos, mesmo que talvez aquela sainha não fique bem para o nosso corpo, mas a estampa era tão linda… Quem nunca se pegou pensando assim? Ou ainda o famoso só tem 36 mas visto 38, vou emagrecer e logo logo vai caber. Tenho inúmeras roupas nessa situação.

Além disso, estamos vivendo em uma era de mudanças a 220 km/h, onde o consumo foi ampliado em todas as classes, e não só de moda, mas de utensílios domésticos, carros, eletrônicos, tudo é urgente, tudo é para ontem, senão fica boçal e so last season já amanhã. Vemos isso com a quantidade de semanas de moda, com o lançamento anual de iPhones, de mudanças em design dos aparelhos e sistemas operacionais. Os produtos mais acessíveis transformaram os consumidores, tudo anda mais acessível para todo mundo, pelo menos há modos de acessibilidade.

E ai, se você não tem muito auto controle, já era, saca o cartão – que não dói tanto quanto tirar dinheiro vivo da carteira, pela ilusão no cérebro que ele causa, comprovada pelos médicos – divide em 10x e pronto, já sai feliz com a peça nova adquirida. Usa 5 vezes ininterruptas e tcharam: ela já fica jogada lá pelos cantos.

Vi muito isso na inauguração da Forever 21 e em todo o buxixo que ela ainda anda causando pelo Rio. Claro que amo comprar e comprar barato, mas quando fui pagar fiquei meio atordoada ao ver que pessoas compraram ali R$3.000, o que no meu ponto de vista dava para comprar quase que a loja toda. Também me assusta que as pessoas ainda estejam enfrentando filas de 2h para entrar e 2h para pagar, como se a loja estivesse na promoção, dando de graça os produtos, ou fosse temporária. Não! A loja não vai sair de lá! E não ninguém está tão sem roupas que necessita daqueles R$3.000 em peças que comprou em uma noite, desesperadamente, e na euforia da hora não refletiu bem.

Mas claro, cada um sabe onde coloca o seu chapéu, cada um sabe exatamente quando o calo aperta e o tanto que pode ser gasto, talvez possa se arrepender depois, mas sabe o que está fazendo, ao menos assim esperamos, e eu não estou aqui para julgar o modo de consumo de ninguém. Confesso que já passei maus bocados tentando compensar outras frustrações nas compras, e isso só me fazia ficar ainda pior. Também vejo amigas fazendo isso e talvez não estejam vendo o buraco em que estão se enfiando. Não, comprar não é solução para nada além do que a falta de roupas/sapatos/acessórios.

Aqui em casa estamos em uma fase de investir no futuro, em projetos novos, então quanto mais engordar o porquinho melhor será, esse é o nosso objetivo, e olhando bem para tudo o que tenho, percebo que os básicos já tenho, e como diz minha amiga Nanda, dá para passar um bom ano com tudo isso. Claro que sempre vai rolar vontade de comprar mais uma camiseta branca, ou comprar loucamente aquela coleção especial, aquela estampa tem que ter do momento, mas na verdade na verdade é que nada disso é tão necessário a ponto de ficar muito mal sem, e que se conseguir controlar todas as outras mil coisas que quero comprar impulsivamente, dá sim para comprar aquela bag desejo, aquela estampa super bacana que acabou de sair, sem explodir o orçamento, e sem prejudicar o projeto futuro tão desejado.

E foi depois de pensar meses sobre o assunto que finalmente saiu esse post e esse desafio 1 ano convivendo com o que tenho no armário, descobrindo aquela peça caída por trás da gaveta – daí o nome do desafio “por trás do armário” – não é um desafio de não comprar nada por um ano, não entendam assim,  eu seria muito pretensiosa, é uma promessa de usar 100% o que eu já tenho e comprar muito pouco, quase nada. Quero entender melhor meu estilo, eliminar peças jamais utilizadas ou que não combinem em nada comigo (sim tenho muitas), utilizar aquela que já foi amor para toda a vida, mas que de uma hora para a outra ficou jogada, descobrir aquele sapato confortável e aquele que mata o pé, e assim diminuir drasticamente o meu consumo. Vou comprar somente o que achar extremamente essencial e não mero modismo, ou um modismo beeeem baratinho, e mostrar todas as compras para vocês.

Para dar uma agitada no desafio propus um desafio dentro do outro, semanas temáticas: saias, longos, filmes, estampas, e o que mais a minha imaginação e a de vocês permitir. Por isso já podem mandar as sugestões aqui pelos comentários ou por email, quem sabe não ajudo você a usar aquela peça problema aí do seu armário e você descobre junto comigo?

Tudo será devidamente fotografado, e além dos nossos posts normais diários teremos um post a mais sobre a combinação usada no dia. E além disso os posts do desafio virão recheados de dicas sobre consumo consciente, quais peças básicas tem que ter, como usar, como conservar, onde economizar, além é claro dos perrengues que vamos passar juntas.

Comecei o desafio dia 01 de abril, mas como fiquei doentinha nos últimos 3 dias não saí de casa e não tive o que fotografar, então os posts do desafio começam na próxima segunda.

Conto com vocês, o blog não será monotema no desafio, vamos continuar com a programação normal, mostrando as novidades e lançamentos do mundo da moda e beleza, além claro dos nossos restaurantes e passeios que amamos. Então podem continuar acompanhando, hein?!

Tomara que curtam essa nova fase, e já aviso, no final do 1 ano terei uma mega novidade para contar!!!! (1 ano de curiosidade… kkkkk) E aí estamos juntas nessa? Me ajudam??

Love.

Bru