Arquivo | NY RSS feed for this section

Musical O Rei Leão

27 maio

Estive em São Paulo e gente eu amo morar no Rio, mas SP me encanta sempre que passo por lá, seja pelos eventos culturais ou pelos excelentes endereços de gastronomia, o que me faz sempre querer voltar.

No final de março estreou o musical O Rei Leão, isso aquele mesmo da Broadway, 16 anos na frente como a maior bilheteria e com trilha sonora ganhadora de Oscar, mas todinho em português. Como fiquei sabendo que o espetáculo não viria para o Rio de Janeiro logo me adiantei para comprar os ingressos, e não é que eles estavam praticamente esgotados, ou seja, sinônimo de sucesso total.

Cena do musical "O rei leão", que estreia em SP nesta quinta (28) (Foto: Divulgação/João Caldas)

O musical já foi traduzido em 8 línguas línguas diferentes (japonês, alemão, coreano, francês, holandês, mandarim, espanhol e, agora, português), e já passou por 15 países dos cinco continentes. Números que impressionam.

Ingressos comprados fui pesquisar as críticas e elas foram as melhores possíveis, o espetáculo que é sucesso por mais de 15 anos, está em cartaz no Teatro Renault (antigo Teatro Abril) e pela primeira vez na América Latina, com direção de Julie Taymor e produção de Thomas Schumacher (produtor e presidente da Disney Theatrical Productions), a versão brasileira da peça da Broadway teve como autor e tradutor das músicas nada mais nada menos do que Gilberto Gil, não poderia dar em outra né gente?!

Agora sente o elenco: 57 atores, 8 sul-africanos, e ao lado deles Osvaldo Mil maléfico no papel de Scar, César Mello como Mufasa, o todo poderoso pai de Simba, Marcelo Klabin e Ronaldo Reis engraçadíssimos como Timão e Pumba, Tiago Barbosa é Simba (carioca!) e Josi Lopes é a leoa Nala, divina! Fora muitos outros atores, o elenco é enorme é o maior espetáculo já apresentado no Brasil.

"Rei Leão": espetáculo apresenta canções de Elton John e Tim Rice

Cena do musical 'O rei leão', inspirado no clássico da Disney (Foto: Divulgação/João Caldas)
Todas as imagens acima são de divulgação, já que não pode fotografar o espetáculo, viu gente!
Achei esse vídeo pelo youtube do espetáculo da Broadway e dá para sentir o gostinho….
Bom eu e Augusto saímos de lá apaixonados, o espetáculo é realmente muito lindo e fiel ao da Broadway. Orquestra ao vivo, som e acústica excelentes (apesar do microfone ter falhado algumas vezes), danças sincronizadíssimas, super efeitos especiais, enfim, Broadway. Mas…
Achei que eles forçaram demais a barra colocando muito sotaque paulista e gírias de lá também ao invés de acrescentar ao texto cacos regionais eles poderiam ter colocado algo nacional, brasileiro, já que o musical não vai rodar o país e gente do Brasil todo vai até lá para assistir. Fora isso foi tudo perfeito, muitas músicas para relembrar o filme mais fofo da Disney.
(ah! Preciso dizer que o menino Simba – criança – é muuuuuuito perfeito, uma graça de interpretação)
Agora as minhas fotinhas:
Na portinha do Teatro
Teatro por dentro
Painel inicial do espetáculo
Sorry, não levei a câmera para Sampa, então todas as fotos serão toscas assim….
Vou deixar mais alguns vídeos aqui para vocês animarem de ir, tem muito interatividade com o público, eles literalmente saem do meio da plateia, o palco todo monta e desmonta, se mexe, fica em 3D, uma loucura, muito muito bacana.
Quero ir de novo, de novo e de novo…. Se estiver passando por SP vale a pena assitir.
Já já mostro o Lûki do Dia e detalho o que usei ai em cima, com uma dica super legal para renovar uma bolsa básica e virar bolsa fantástica!
Love.
Bru
Anúncios

The Carrie Diaries

22 jan

Já tinha dito aqui que em breve teríamos uma série inspirada nos livros os diários de Carrie, de Sexy and the City, mas que infelizmente ainda não tinha nem data e muito menos canal para estreia.

Pois bem, rolou segunda-feira passada (14/01) nos EUA, e o episódio já está na internet. Exibido pelo canal CW, o mesmo de Gossip Girls e The Vampire Diaries, é umas das grandes promessas de seriados de 2013 e terá 13 episódios na primeira temporada. Tem tudo para conquistar uma legião de fãs.

PôsterLook

Confesso que engoli os livros quando foram lançados e fui ver correndo o primeiro episódio da séria. Sinceramente achei uma delícia! Eles misturaram um pouco a Carrie em NY e a Carrie do interior, não sendo muito fiel ao livro, o que achei uma pena, mas ficou bem menos cansativo assim, indo já ao que interessa.

Não sei se vão relatar como ela conheceu o restante das meninas, como fizeram no livro, o que seria uma perda total, tomara que nos próximos episódios eles consigam ser mais fiéis, senão Carrie vai ficar com duas histórias, a do livro e a da série.

Mas ver NY dos anos 80, todos aqueles looks exageradíssimo e Carrie se destacando na parte da vestimenta, me fez amar o primeiro episódio e já desejar o segundo hoje para baixar (já que foi transmitido ontem nos EUA).

Infelizmente ainda não passa no Brasil e nem tem data para estreiar por aqui, mas dá para assistir on line neste link. Depois me contem nos comentários o que acharam, ok??

Love.

Bru

Tips NY: Burguer Joint

26 nov

Não fui a ótimos restaurantes nessa viagem, optamos por ótimas lanchonetes: hambúrguer e hot dog, por conta disso as sugestões do blog serão essas nessa temporada, rs….

Mas confesso que só comi excelentes hambúrgueres e nenhum Mc Donalds ou Burguer King, Vitória!!!!

O que indico hoje foi o primeiro que comi em NY quando cheguei, e vai ser difícil achar o lugar.

O Burguer Joint se encontra dentro do classudo hotel Le Parker Meridien, e se vocês olharem as fotos da lanchonete e não associarem ao hotel não será surpresa.

Essa mínima plaquinha escondida em um canto do hotel é o que indica onde está localizado Burguer Joint.

Clima completamente informal, com as paredes totalmente riscadas.

O cardápio é preso em cartazes de papelão, e a frase bem humorada logo ao lado

Cartazes de bandas e de filmes nas paredes dão um ar de sujinho e desleixado ao local

E o famoso hambúrguer

Resumindo, o lugar é super legal e descontraído, rola uma musiquinha meio chata, mas suportável. O hambúrguer é gostoso, mas não maravilhoso, experimentamos outros melhores durante a viagem, como o Shake Shack que ganhou meu coração.

É bem inusitado por estar num hotel super chic e com outros restaurantes super arrumados, vale a pena a visita sim!

Ah! O sistema de pagamento lá é cash only viu… E não é muito caro.

Love.

Bru

Burguer Joint: 119 West 56th Street, New York, NY (212) 708-7414

Tips: Shake Shack NY

22 nov

Uma foto só para aguçar todos os sentidos.

Sempre li sobre a lanchonete Shake Shack, mas da outra vez não consegui experimentar essa maravilha, pois bem, dessa vez fomos e a fila não nos assustou.

Confesso que foi a melhor batata e o melhor hambúrguer que comi na vida, vai ser difícil algum superar.

Para você que aguou e está com viagem marcada, não perde tempo e vai provar essa delícia, vale a pena todas as calorias. Não consigo tirar da minha memória….

Love.

Bru

Para achar os endereços só olhar o site, tem em vários lugares nos EUA: http://www.shakeshack.com

Look do Dia

21 nov

Começando com os looks da viagem, fiz poucos porque a maioria requisitava casacões, já que NY estava congelante, mas queria mostrar para vocês que de vez em quando dá sim para variar o casacão de sempre e fazer uma produ mais bacaninha.

Camisa Jeans: Cea Pullover: Zara Calça de Couro: H&M Sneaker: Arezzo


Amei o recorte dessa calça e ela vai aparecer muitas vezes por aqui, podem ter certeza, comprei de várias cores para aproveitar bem, já que procurava uma por muito tempo e nunca gostava de nada.

E essa roupa além de super confortável tem a vantagem de poder colocar várias blusas quentinhas por baixo sem fazer volume, e aguentar bem o frio, já que o pullover é bem fofo!

Gostaram?

Love.

Bru

Trip

11 nov

Oi meninas, estou hoje aqui para contar uma novidade deliciosa, tudo foi meio de surpresa e correndo, nada programado como nas outras que faço, mas estou indo viajar.

Eu e minhas amigas fofas, Dani e Cris, estamos indo para NY e de lá partimos para a Disney, viagem Luluzíssima, só as meninas curtindo todas e claro com muito fashionismo pelo roteiro.

Nossa nem preciso dizer o quanto estou feliz com essa viagem, vamos trazer várias dicas para o blog e todos os achadinhos diretamente dos EUA.

Para o Blog não ficar “monotema” vou tentar postar coisas de lá e daqui, ok?! Mas nada de garantido porque não tenho noção de como vai ser meu tempo. Mas juro que vou tentar.

Então, lá vamos nós! E amanhã já nos falamos diretamente de NY, ok??

Love.

Bru

New York Fashion Week

12 out

Continuando a série de desfiles internacionais vamos ao resumo do New York Fashion Week, que para mim é a semana de moda mais realista, é aquilo que realmente vai para as araras das lojas, o que vamos ver muito nas ruas o tempo todo. (Pode ser também por influência de ser a cidade que mais amo no mundo, mas… deixa pra lá! rs…)

Por lá apareceram tendências antigas, apenas para reforçar a sua continuidade, e algumas coisitchas novas.

Transparências e estômago de fora

Preto e branco misturados a cores fortes como amarelo e laranja

Listras horizontais e verticais, preto e branco e estampa lenço

Estampas, estampas e estampas, e ainda altura midi

macacão, estampa lenço e vestido curto com magas compridas

Cores fortes, principalmente amarelo, vermelho e laranja

Totally White and Totally Black, altura midi e transparência

Barriga de fora (ou estômago), listras tanto horizontal e vertical,  silhueta A (aquela que alarga gradualmente na área do quadril até o joelho, em forma de A), pequenas ancas estruturadas nos quadris, formas geométricas, muitas estampas, rendas, transparência, comprimentos mini e midi até o joelho (apareceu nesse comprimento midi, muitas bermudas larguinhas de corte reto), as cores de destaques além do laranja, ficou com o azul, passando por diversos tons, desde os mais claros, até os tons mais escuros; e claro, não posso esquecer que ainda continua em alta a tendência do esporte chic, em tecidos mais variados como seda, cetim e alfaiataria, ou seja, de tudo um pouco.

Selecionando melhor, tiramos como must have da estação uma moda colorida, com formas femininas, cintura marcada, saias amplas ou curtas, mas a lápis e comprimento midi estiveram presente em muitos desfiles.

Cores como amarelo, que há muito estava esquecido e o branco estava muito presentes (Carminha feelings), fazendo par com cores como o verde, azul, vermelho e laranja.

esportivo continua forte, com calças com modelagem mais ampla, parkas e bermudas ciclistas.

barriga de fora, tão forte nos anos 1990, continua em tops cropped, bustiês, com peças de cintura alta ou baixa. Aliás a cintura baixa, bem baixa, como já vimos nos desfiles de Paris, estão de volta com tudo.

As listras continuam fortes e vão desde o casual até o vestido de festa, bem como os outros desenhos geométricos, vindo ainda em conjunto com color blocking.

A-M-O esse tendência de calça ajustada, afinal nunca consegui aderir a tal da calça flare ❤

Bem, é isso, e que venha a próxima semana de moda para comentários… Será Milão ou Londres?! Logo você confere.

Love.

Bru